É… Tudo acabou. O povo do tumblr está diferente. O tumblr está mudado. Está horrível. Só temos frases clichês, ‘caio fernando’ ‘clarice lispector’ não que eu não goste, por que eu amo eles dois. Mas isso está ficando muito repetitivo e chato. Os textos todos dizem as mesmas coisas sempre. Que uma garota ama um garoto que não ama ela. Que muitos tem amor não correspondido. Só dá nisso. Isso tá enjoando. E as pessoas estão secas, grossas, mentirosas, frias aqui. E até mesmo metidas por terem um tumblr mais divulgado do que outros, isso tá se tornando fútil. Uma rede social qualquer, que um dia eu fui viciada, e agora, não mais. Não me arrependo em nenhum momento de ter criado o tumblr. Aqui fiz amigos, conheci uma nova vida, com pessoas que pensavam as mesmas coisas que eu. Mas infelizmente toda aquela magia se foi. É como o ditado diz, o que é bom, dura pouco. Até que durou muito, sabia?. E não, não é culpa dos ‘orkuteiros’ que ficam entrando no tumblr e criando contas. Não são os que não ‘entendem’ de tumblr. São aqueles antigos, os que a cada dia mais se tornam fúteis, são eles que estão se tornando uma competição de followings. Eu não vou sentir falta alguma. Não vou querer voltar. Já desativei uma vez, e voltei. Foi diferente por que senti falta de postar. Eu não vou me arrepender, por que a gente só se arrepende de algo que não queria fazer, e eu quero muito fazer isso. Os meus textos são desabafos meus, sentimentos meus que ali escrevi, e as pessoas que só querem ‘faminha’ copiam meus textos, mudam algumas palavras e já acham que podem sair publicando o pensamento dos outros por aí. Não é bem assim. São por todos esses motivos que eu vou desativar, sim, desativar. Quero algum dia entrar nessa rede social que um dia foi o meu vício, ler meus textos, ou até mesmo asks que aqui estão guardadas e me recordar dos tempos bons, de quando o tumblr não era tão ruim o quanto agora é. Se vocês quiserem falar comigo, ou sei lá, se comunicar, conversar, pedir conselhos, ou outras coisas, estarei sempre na internet. Twitter • Facebook • Orkut. Sempre que posso estou online. E não esqueçam meus followers, que eu amo cada um de vocês por fazerem parte da minha vida, e por entenderem tudo o que eu sinto. Obrigado mais uma vez por terem me aturado postando desaforos quando eu estava triste, e obrigado por me fazerem feliz com cada ask que eu recebia. E obrigado por quem teve a paciência de ler tudo isso. Eu adoro muito vocês, de verdade. Tumblr: ♥ 27/01/11 | † 9/12/11